skip to Main Content
84 3431 1222 84 9 9914 4880
RN Libera Eventos Com Até 60% Da Capacidade De Público A Partir Desta Sexta-feira (23)

RN libera eventos com até 60% da capacidade de público a partir desta sexta-feira (23)

Seguindo o cronograma estipulado no Decreto estadual Nº 30.676, de 22 de junho, começa nesta sexta-feira, 23, a fase 3 da retomada de eventos corporativos, atividades culturais em cinemas e teatros e eventos de massa no estado potiguar.

No documento, as atividades foram divididas da seguinte forma:

I – eventos corporativos, técnicos, científicos e convenções;
II – eventos de massa, sociais, recreativos e similares;
III – cinemas, museus, teatros, circos, parques de diversões e afins;

A partir desta sexta, as atividades que se enquadrem nas modalidades I e III poderão ser realizadas com permanência no mesmo local de até 450 pessoas ou 60% da capacidade do ambiente.

A partir de 6 de agosto é iniciada a fase 4, com liberação para realização de eventos observando os limites de até 80% do público, com máximo de 600 presentes.

Finalmente, está prevista para 17 de setembro a retomada de eventos com até 100% de uso dos espaços, dando início a fase 5 de retomada do setor.

Na segunda modalidade, que corresponde aos eventos de massa, sociais, recreativos e similares, entram na primeira fase de liberação a partir desta sexta, com observação da ocupação máxima de até 20% dos ambientes, limitada à frequência máxima de 150 pessoas.

Para este setor, a fase 2 começa em 6 de agosto, com liberação para 40% da capacidade (ou até 300 pessoas); a terceira fase em 20 de agosto, com uso de até 60% (ou permanência de simultânea de 450); a fase 4 em 3 de setembro (80% da capacidade ou até 600 presentes); e, finalmente, a fase 5 tem início também em 17 de setembro, com liberação de uso total dos espaços.

O Decreto estadual n°30.714, de 6 de julho, também estabeleceu fases para retomada gradual de atividades religiosas com permanência de público. A partir desta sexta, igrejas, templos e demais espaços religiosos poderão utilizar até 60% da ocupação; em 6 de agosto, o limite aumenta para 80%; e, a partir de 20 de agosto, será permitida 100% de ocupação.

O andamento ou a retomada dessas atividades deve compreender a classificação de risco de contaminação em cada município, ainda de acordo com o decreto de junho.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back To Top